Olyng

Dicas e Estratégias de Marketing Digital

Meu site está sendo ranqueado por termos incomuns, o que pode ser?
SEO, Web Analytics

Meu site está sendo ranqueado por termos incomuns, o que pode ser?

Você já se perguntou porque o seu site está recebendo cliques de termos (palavras-chave), nas quais quando você as pesquisa por elas, o seu site não é encontrado de jeito nenhum?

Um exemplo, vamos supor que o seu site esteja recebendo bastante cliques referente ao termo “Suco de Laranja com Pêra”… e daí quando você faz uma pesquisa no Google sobre este termo… você não consegue encontrar seu resultado nem na primeira, nem na segunda, e muito menos na décima página (em diante) da pesquisa 😱

Situações como essas são extremamente comuns de acontecer, principalmente quando você está usando a ferramenta do Search Console, e tem um site que costuma receber muitas impressões e cliques mensalmente.

Mas o que poderia estar ocasionando este problema? Será um erro da própria ferramenta? Será um erro do buscador? ou será que o problema está no meu site?

Não, nem do buscador, nem da ferramenta e muito menos do seu site.

A classificação por palavras-chave/termos incomuns e aleatórios, está normalmente relacionado com a personalização de busca, segmentações de local e dados dos próprios usuários 😉

O que iremos ver nesta notícia?

Porque os resultados do Google podem ser diferentes para cada usuário?

Apesar de ser uma resposta bem obvia, atualmente os buscadores se tornaram cada vez mais inteligentes, ainda mais com a chegada de novas tecnologias como IA (Inteligência Artificial) e o famoso Machine Learning (Aprendizado de Maquina).

Mas a verdade é que os buscadores atualmente, eles tentam prever que tipo de conteúdo (resultado de busca) que você precisa, ou melhor dizendo, qual tipo de conteúdo será mais útil para você.

E não pense que eles possuem uma bola de cristal capaz de advinhar tudo o que você precisa no momento em que você precisa, pois não é assim que funciona.

Os motores de busca contam com algoritmos especializados na interpretação de dados e informações, dados estes que você mesmo acaba fornecendo para eles sem nem mesmo perceber.

  • Sabe aquele histórico de navegação que existe no seu navegador de internet?
  • Sabe aquelas pesquisas anteriores que você fez no Google?
  • Sabe aqueles Cookies que ficam salvos no seu navegador de internet?
  • Sabe aqueles sites e termos que você costuma acessar/buscar no Google?

Então, o Google tem acesso a todos estes dados em mãos… fora alguns outros dados como:

  • Endereço de IP;
  • Dados da Rede Local (Móvel);
  • Dados do GPS (Quando disponíveis);

O que o Google faz é traçar esses dados, com seu vasto banco de dados de páginas indexadas, de maneira a fornecer o resultado mais útil para seus usuários de forma totalmente personalizada.

E é por esse motivo que uma pesquisa pode variar de usuário para usuário. Uma vez que o Google mostra resultados para seus usuários considerando estes dados.

Nesse caso, cada pessoa gera dados diferentes, logo, o Google pode mostrar resultados diferentes para pessoas diferentes que pesquisam pelo mesmo termo.

Razão 2: Imagens nos resultados de pesquisa

Além da personalização de busca e segmentações de local, uma outra razão pela qual isso possa estar acontecendo é por causa das imagens.

Sabe aquelas imagens que costumam aparecer nos resultados de pesquisa, quando pesquisamos um determinado termo?

imagens de suco de laranja termo de pesquisa suco de laranja

É possível que algumas imagens do seu site estejam sendo puxadas para dentro desse bloco de imagens, que costuma aparecer na parte superior dos resultados de pesquisa, ou quem sabe nos painéis de conhecimento existentes nas laterais dessa página.

De modo que seus usuários talvez possam estar clicando em cima dessas imagens, e com isso estão acessando algumas páginas do seu site.

Se isto estiver acontecendo, é bem provável que a ferramenta esteja registrando um novo clique, ou quem sabe uma nova impressão para o termo que o usuário pesquisou.

Faça o uso de configurações de pesquisa avançada

Talvez seja necessário realizar uma abordagem diferente para analisar de onde vem essas impressões/cliques.

E isso você pode fazer identificando o pais de origem, e usando configurações de pesquisa avançadas para mostrar os resultados daquele local com mais eficácia.

Seguindo estas dicas, você terá uma representação mais próxima do que os usuários estão vendo quando pesquisam por esses termos 🧐

0 0 votes
Article Rating
Escrito por William Lima - 21 de julho de 2021 - 4 Views
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments