Olyng

Dicas e Estratégias de Marketing Digital

Search Console: Como usar o relatório do índice de cobertura?
Ferramentas de Automação, SEO

Search Console: Como usar o relatório do índice de cobertura?

Um novo vídeo de treinamento publicado pelo Google, explica como usar e fazer o bom uso dos relatórios do índice de cobertura da ferramenta.

Apresentado por Daniel Waisberg, advogado de pesquisa do Google, o vídeo nos explica como usar o search console para identificar quais páginas foram indexadas e rastreadas pelo buscador.

Além disso, ele fala sobre as diferentes maneiras de lidar com os possíveis erros de cobertura que podemos encontrar durante o processo.

O que você vai ver nesta notícia?

Como analisar o relatório do índice de cobertura?

O relatório de índice de coberta, nos fornece uma visão geral das páginas do seu site que o Google tentou indexar.

Nele você pode visualizar todas as páginas conhecidas, que na verdade são as páginas que o buscador indexou ou que pelo menos tentou indexa-las, seja através de envios manuais ou reconhecimento automático (GoogleBot).

Ou você também pode visualizar todas as páginas enviadas, que na verdade, seriam todas aquelas páginas que você enviou manualmente usando o search console.

todas as páginas conhecidas X todas as páginas enviadas

Caso necessário, você pode filtrar somente as páginas reconhecidas no seu arquivo sitemap.xml.

Como no caso do blog da Olyng, trabalhamos com um único arquivo de sitemap principal (que linka para todos os outros), ali só aparece pra gente um único arquivo xml.

Independente da opção que você escolher, o relatório seguirá o mesmo layout, mas com números e informações diferentes.

relatório do índice de cobertura

Elementos do índice de cobertura

O índice de cobertura é divido em 4 grandes categorias, as páginas com erros, válidas e com avisos, válidas e aquelas que foram excluídas.

Dependendo da opção que você escolher, novos dados serão inseridos ou atualizados tanto nos gráficos do índice quanto no bloco de detalhes.

Páginas com Erros

Aqui você verá todas as páginas que apresentaram erros que impediram a indexação de suas páginas ao longo de 3 meses.

Na maioria das vezes, as páginas aqui presentes possuem um desses 3 erros:

  • Erros no servidor (apresentam código 500, “Internal Server Error”);
  • Páginas não encontradas (famoso erro 404, “Not Found”);
  • Ou páginas que contém a diretiva (meta tag) “noindex” no html;

Basicamente as páginas com erros, geralmente são aquelas que um dia foram válidas, mas que por conta de problemas no site, ficaram com erros.

Páginas Válidas e com Avisos

Como o próprio nome já diz, são páginas válidas, ou seja, páginas que já foram indexadas e que estão “prontas” para serem mostradas nos resultados de pesquisa do Google.

Mas que por algum motivo, contém alguns problemas ou permissões que impedem de serem mostradas nos resultados de pesquisa.

Um exemplo disso é uma página ou diretório cuja as permissões de indexação foram concebidas, mas a de amostragem negadas.

Isso pode ser feito adicionado diretrizes dentro do código robots.txt, aonde você diz que tal página pode ser indexada pelos buscadores, mas que não deve aparecer nos resultados de pesquisa.

Páginas Válidas

Aqui você pode acompanhar todas as páginas que foram indexadas e que já estão aparecendo nos resultados de pesquisa do Google.

Páginas Excluídas

São todas as páginas que não foram indexadas por motivos intencionais e que por conta disso, elas não serão incluídas nos resultados de pesquisa.

Uma página pode ser excluída por diversos motivos:

  • Existência da meta tag “noindex”;
  • Anomalias no rastreamento;
  • Erros 400 e 500;
  • Páginas com conteúdo duplicado;
  • Problemas com a tag canônica;
  • Páginas com redirecionamentos;

Diferente das páginas com erros, as páginas duplicaram, na maioria das vezes, já vieram com um dos problemas listados acima.

Impressões

Ainda na página de cobertura, você pode ativar a opção chamada impressões, que mescla no gráfico a quantidade de vezes em que suas páginas apareceram nos resultados de pesquisa.

Botão de impressões da cobertura do índice de pesquisa

Dessa forma, você consegue identificar o impacto de impressões com relação ao número de páginas que contém erros ou que foram excluídas.

Por exemplo, você pode acabar notando que no dia 22/03 apareceram diversas páginas com erros, e que isso resultou numa queda brusca de -32% do número total de impressões.

E com isso você consegue mensurar quanto tempo levaria para voltar a normalidade.

Visualizando os detalhes do índice

No último bloco, você consegue dados mais detalhados sobre as páginas válidas, com erros e excluídas.

Bloco de detalhes do índice de cobertura

Na imagem acima por exemplo, com a seção excluídas selecionada, posso ver que 214 páginas foram excluídas devido a tag “noindex”.

Ao clicar em cima da linha, eu consigo ver informações ainda mais detalhadas, mostrando a URL de cada uma das 214 páginas.

exemplos do detalhamento das URL's com noindex

Dicas de como usar o relatório de cobertura

Em primeiro lugar, sempre acompanhe as notificações que o search console te envia por e-mail, isso evita que você verifique o relatório todos os dias, uma vez que cada erro encontrado, o Google te enviará um e-mail primeiro 😉

Daniel Waisberg, recomenda que os webmasters verifiquem o gráfico na página de resumo do search console, a fim de saber se a tendência de páginas válidas segue constantes sem decaimentos.

Caso houver decaimentos, é sinal de que algo está errado e precisa ser arrumado, nesses casos, é bom que você de uma olhada na seção de erros.

Primeiro identifique os problemas mais urgentes começando sempre pelo topo da lista de detalhes.

Em seguida tente corrigi-los o mais rápido possível, ou se preferir, compartilhe o problema com a sua equipe de desenvolvedores, ou com a empresa responsável pela criação do site.

Após a correção, não se esqueça de clicar em “validar correção” para que o Google atualize e valide suas alterações.

É importante ressaltar que se um erro existente, e que já foi previamente notificado por e-mail acabar piorando, saiba que o Google não enviará uma segunda notificação para você.

Treinamento Online

Agora que você já sabe como o relatório de índice de cobertura funciona, que tal aprender um pouco mais com o vídeo do Daniel Waisberg?

0 0 votes
Article Rating
Escrito por William Lima - 29 de março de 2020 - 173 Views
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments